Aprenda o que é e como fazer Video Mapping


Video mapping ou mapeamento de vídeo é uma técnica que consiste na projeção de vídeo em objetos ou superfícies irregulares, tais como estruturas de grandes dimensões, fachadas de edifícios e estátuas (cuja projeção pode ser feita a 360º). Através da utilização de um software especializado os objetos de duas ou três dimensões são formados virtualmente, a partir dessas informações o software interage com um projetor para adaptar qualquer imagem à superfície do objeto escolhido.[1] Pode-se dizer que há uma reconstrução do espaço real existente através da adição de espaço virtual. Com esta técnica os artistas podem criar dimensões extra, ilusões ópticas e noções de movimento em objetos estáticos. Normalmente são criadas narrativas audiovisuais através da combinação ou desencadeamento de vídeo com áudio.
video mapping ficou conhecido através da sua utilização em campanhas publicitárias e vídeos de música eletrónica.[2]

Como fazer video mapping

A peça mais importante para fazer video mapping é o projetor de vídeo cuja potência depende da área a cobrir. Por exemplo, quando se trata de uma projeção em pequenos objetos ou em uma sala chegam 5 600 lúmens, já aplicada a grandes superfícies e/ ou a longa distância são necessários à volta de 20 000 lúmens. O tipo de lente a usar também é um aspeto muito importante, é aconselhável que seja o menos ampla possível. Relativamente à resolução, o mínimo necessário é de 1024 x 768 px.[3]
Após a escolha ou criação do objeto para suporte é produzida a sua réplica virtual. Seguidamente é formado um modelo da superfície de projeção e posicionado num ambiente virtual. A colocação do projetor em relação ao objeto é definida por coordenadas e, por fim, o ambiente virtual é complementado com a orientação xyz, a especificação da lente e posicionamento do projetor.[4] Poderão ser necessários alguns ajustes manuais para se obter melhores resultados.
Habitualmente, os principais passos a seguir na gestão de um projecto de mapeamento de vídeo são:
  • Configuração—tem de ser feita à noite ou num ambiente escuro. O projetor deve ser colocado em frente ao suporte de projeção e deve estar perfeitamente horizontal; depois de estar bem posicionado, convém que toda a interação com o projector seja feita através de controle remoto.
  • Fotografia do suporte de projeção—o ângulo da câmara deve ser exactamente o mesmo da lente do projetor de forma a que a imagem resultante seja a mais próxima possível daquela que o projector "vê".
  • Calibração da fotografia—uma vez conseguida a fotografia certa, esta deve ser editada num software de edição de imagem, onde se aplica o valor da resolução do projector ao tamanho da fotografia. Para calibrar a fotografia, esta tem de ser projetada de volta no suporte de projeção de modo a se confirmar que cada elemento da mesma corresponde ao espaço real.

Referências

1.       "VideoMapping Blog". Consultado em 6 Janeiro 2013.
2.       "Shorthistory of Projection Mapping". Consultado em 6 Janeiro 2013.
3.       "videomapping.org". Consultado em 2 Fevereiro 2013.
4.       "HowTo Project On 3D Geometry". Consultado em 6 Janeiro 2013.
5.       "Videomappingworkshop". Consultado em 2 Fevereiro 2013.

Fonte: Wikipédia
__________________________________________________________

APOSTILA

Baixe um apostila de Video Mapping (Projeção Mapeada), com histórico e técnica de videomapping desenvolvida por Patos´Quo – Paloma Oliveira & Mateus Knelsen.

Para baixar CLIQUE AQUI.



Concurso Nacional Novos Fotógrafos - Prêmio Urbs Brasil 2016


Estão abertas as inscrições para o Concurso Nacional Novos Fotógrafos, Prêmio Urbs Brasil 2016 de fotografia digital. Cidades em tons de cinza. Podem participar do concurso, todos os brasileiros natos ou naturalizados, maiores de 16 anos. Cada candidato pode inscrever-se com até duas fotografias de sua autoria, capturadas por quaisquer meios digitais, máquinas fotográficas, celulares, etc. O tema das imagens é; as cidades e o seu cotidiano, marcos, ruas, avenidas, monumentos, praças e a interação com as pessoas. Serão 150 fotografias selecionadas. A classificação das fotografias resultará no livro, Prêmio Urbs Brasil 2016. Antologia Fotográfica.  Concurso Fotográfico e uma importante iniciativa de produção e distribuição cultural, alcançando o grande público, escolas e faculdades. Inscrições gratuitas de 10 de janeiro a 05 de junho de 2016, pelo site, www.premiourbs.com.br.

Realização: Vivara Editora Nacional

Apoio Cultural: Revista Universidade




A Beleza dos Quadrinhos Cristãos no Evangelismo



Nate Butler

Enquanto existem todos os tipos de desenhos animados ou formatos de 'narrativa visual' que chamamos de quadrinhos ou graphic novels (conhecidos como mangá, bandes dessinées, ou Histórias em Quadrinhos em outras culturas), o meu favorito é folhetos. Algumas pessoas dizem que 'folheto' é a terminologia velha escola (o cartunista e pastor cristão Rick Bundschuh no Havaí criativamente chama seus folhetos de "Grab & Go" comics), mas a verdade é que um folheto em estilo cartoon bem trabalhado é lido. O visual dos desenhos atrai o leitor.

Folhetos são acessíveis, portáteis e revisáveis: fácil de distribuir, fácil para os destinatários levarem no bolso, e fácil de ler novamente mais tarde, sozinho ou com amigos e familiares. Folhetos também são relativamente baratos para comprar, tornando mais fácil para dá-los em campanhas de evangelismo sem ir a falência.

Aqui nos EUA, onde há convenções de quadrinhos na maioria das grandes cidades, a ideia de usar folhetos em quadrinhos nestes eventos para alcançar geeks e 'otakus' (amantes de quadrinhos e animação japoneses) é natural. Mas há outros lugares menos óbvios onde folhetos em quadrinhos podem e estão sendo usados.

Anos atrás, eu fui abençoado por ouvir o lutador de luta livre cristão George South falar em uma palestra na Comic Con no sul. Ao invés de gabar-se de alguma grande vitória que ele tinha experimentado em seu mundo de "circuitos de luta livre rústicos", George contou de uma derrota pessoal embaraçosa. Durante sua palestra, ele mencionou que os folhetos caseiros que deu após seus jogos de luta livre não foram bem recebidos.

Eu entendi porque no minuto em que os vi; eles eram desagradáveis com fotos preto e branco na capa e com texto de canto a canto das páginas. George compartilhou que as crianças rasgavam seus folhetos e jogavam em seu rosto ou pisavam e cuspiam neles - e nele! Bem, desde que George reveleu seu coração humilde em sua história, eu sabia que ele era o verdadeiro ideal. Então, depois, eu disse a ele que estávamos indo lançar um folheto que nenhuma criança jamais iria rasgar ou jogar fora novamente.

Eventualmente, nós criamos três folhetos coloridos em papel brilhante, desenhados em um estilo de quadrinhos de super herói. Com certeza, as crianças em seus jogos ficaram instantaneamente ansiosas para receber, ler e até mesmo guardar seus folhetos. Recentemente, George escreveu: "Esses três folhetos em quadrinhos tem sido distribuídos em todo mundo, das maiores arenas de luta livre até os menores ginásios escolares! Muitas escolas não me deixam dizer uma palavra sobre meu Salvador, mas eu posso ter certeza de compartilhar meus folhetos - cerca de 100 por semana - o número total só Jesus sabe!."

Um ministério de literatura internacional no Texas desenvolveu um folheto em quadrinhos para meninos pré-adolescentes. Eles usam robôs transformers para ilustrar o sacrifício de Cristo através da sua morte voluntária por um amigo pecador. Nós sabemos de pelo menos um grupo de jovens de uma pequena igreja que distribuiu cópias nos cinemas locais durante a semana de lançamento de Transformers 2.

Pessoalmente, acho que os melhores folhetos são os que contêm testemunhos pessoais. O estúdio COMIX35 está trabalhando com ex-detentos, que agora são evangelistas na prisão para contar suas histórias em um formato de cartoon. Estes folhetos não são só para os presos, mas eles são produzidos por escritores e artistas atualmente encarcerados. Um desses missionários na prisão é o músico Bobby McGee da ChristSong na Carolina do Norte. Seu folheto, "U-Turn", foi distribuído nas prisões em todo os EUA, tanto quando Bobby se apresentava em instalações prisionais como também através do correio. Bobby escreve periodicamente para contar de presos que foram salvos e disse: "nós os passamos à frente, ou os deixamos para trás, e eles sempre encontram o seu caminho para as mãos de quem Deus planejou para eles. Nós descobrimos que é a nossa ferramenta mais poderosa no ministério."

Talvez você esteja pensando: Testemunhar durante uma convenção de quadrinhos ou depois de um ringue de luta? No estacionamento de um teatro ou atrás das grades? Esses locais parecem um pouco exóticos para aqueles de nós que querem apenas chegar a um amigo na escola, um membro da família, ou o cara ao lado! Talvez, mas o princípio permanece o mesmo: Palavras e imagens trabalhando juntas são poderosas, porque elas tornam mais fácil para o leitor pegar e reter informações.

A linha de fundo é que os quadrinhos são excelentes ferramentas de testemunho. Eles podem explicar as verdades do evangelho com uma franqueza compreensível. Sua mensagem tem o potencial para permanecer com o destinatário muito tempo depois de suas palavras faladas serem apenas memórias distantes."

Tradução de Erick Henrique

Nate Butler (@NButlercomix35) é um ex-escritor Henson/Marvel/DC/Archie e artista. Atua com treinamento e consultoria em maneiras criativas de usar o meio de narrativa visual dos quadrinhos como ferramenta de evangelismo e discipulado. Ele é o presidente / CEO da COMIX35.

Texto original: 



I CONGRESSO NACIONAL ONLINE SOBRE HISTÓRIAS EM QUADRINHOS




O CONAHQ é o primeiro e o maior encontro online de produtores de quadrinhos nacional. Tem como objetivo proporcionar aos novos quadrinistas possibilidades de alcançar o sonho de desenvolver seus projetos de forma profissional, conquistar seu espaço no mercado, elevar sua técnica e criatividade sem medo de fracassar ou de se perder em sua jornada. O evento reunirá dezenas de profissionais de renome, em mais de vinte palestras e entrevistas durante os sete dias do evento.

Para maiores informações e inscrições, acesse: http://conahq.com.br


Etiquetas:
História em quadrinhos, HQ
Comics, historietas



Um editor de fotos e um editor de vetores que não necessitam instalação


Neste post indicamos duas ferramentas que podem ser usadas para editar fotos e vetores (imagens vetoriais) sem a necessidade de instalar nada no seu computador.

PHOTODEMON


Tela do PhotoDemon (imagem tirada de seu próprio site.)


É um editor de fotografias cheio de recursos que não precisa de instalação porque é só baixar o arquivo compactado da internet, descompactá-lo e executá-lo.

O programa é rico em recursos. Permite a gravação de macros, edição de fotografias em lote (várias de uma só vez), salvar e carregar pré-definições para todas as ferramentas. Ele ainda trabalha com camadas, aplica filtros, correções automáticas e as demais coisas que qualquer editor de fotos faz. Ao todo, a versão atual conta com mais 100 ferramentas de edição que têm desempenho mais rápido e de qualidade superior a de outros editores de imagens gratuitos.

Photodemon funciona em qualquer versão do Windows desde o XP até a 10 e tem suporte aos idiomas português e espanhol.

Nestas duas páginas é possível saber mais sobre o programa:
O site oficial do programa é http://photodemon.org.


JANVAS




Janvas é um editor de vetores on line. Basta acessar o site e começar a desenhar sua arte lá, ou carregar um arquivo a partir de seu PC ou a partir de seu Google Drive. Novos arquivos também podem ser salvos no Google Drive.

A ferramenta on line é um rico editor de imagens vetoriais porque trabalha com um formato que é misto de SVG com HTML, o que lhe permite agregar vários tipos de conteúdo: PHP, HTML, CSS, scripts Java, mapas do Google, vídeos do YouTube, fotos e sites da internet. Este formato especial, mesclado, lhe permite ser um editor voltado à criação de conteúdo para a internet.

É possível usá-lo como app para Google Chrome. Seus desenvolvedores o apontam como ideal como ferramenta colaborativa em grupos de trabalho (entre professores e estudantes, por exemplo).

Seu site (www.janvas.com) oferece tutoriais, um fórum de discussões e ainda um editor de códigos (Coder) que lhe permite trabalhar com elementos/arquivos .js, .json, .css, .html, .xml, .svg e .php.


Etiquetas:
Editor on line de gráficos vetoriais, design, webdesign
Editor, edición, de fotografías, on line, en línea de gráficos vetoriales



Vestigia HQ - Heróis levando a mensagem cristã


.



Vestigia HQ produz tirinhas e cartuns usando personagens/heróis conhecidos das histórias em quadrinhos, desenhos animados etc. para transmitir a mensagem cristã. É escrito e desenhado por Júlia Sodré e William Kumakura.
 
Nos cartuns figuram personagens de Chaves, Dragon Ball Z, Naruto, X-Men, Liga da Justiça, Vingadores (imagem abaixo) e ainda outros.


Os Evangelizadores [Vestigia HQ - www.vestigiahq.com.br]



Vestigia HQ tem blog (www.vestigiahq.com.br), página de fãs no Facebook (www.facebook.com/vestigiahq) e conta no Instagram (www.instagram.com/vestigiahq).

As regras de uso do material do Vestigia HQ, comunicadas a nós pelos seus autores:
  1. É permitido divulgar, reproduzir, todo o material (tirinhas, ilustrações etc.) na internet (blogs, redes sociais, sites, etc.) contanto que não seja retirada da imagem a logomarca Vestigia e que seja postada uma referência (link) para uma de suas páginas web citadas acima;
  2. Também é permitida a publicação em jornais, revistas, boletins de igreja e para uso pessoal contanto que seja citada a fonte e a autoria. A citação de um dos links acima também é interessante;
  3. NÃO É PERMITIDA a venda e comercialização de produtos com os desenhos. O próprio Vestigia HQ fará isso em breve.


Etiquetas:
Quadrinhos cristãos, estórias, tirinhas, cristãs com Chaves, Dragon Ball Z, Naruto, X-Men, Liga da Justica, Vingadores e outros heróis
Comics, historietas cristianas con héroes, El Chavo, Dragon Ball Z, Naruto, X-Men, Liga de la Justicia, Los Vengadores
 
 
 
 

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails