Pixar libera uso grátis de software usado nos efeitos de ‘Star Wars’ e ‘O Senhor dos Anéis’

gollum-downloads
software de renderização RenderMan, criado pela Pixar e utilizado em todas as animações do estúdio americano, foi liberado para uso gratuito não comercial, o que inclui projetos pessoais, educativos e pesquisa. A abertura da licença do programa já era aguardada desde o ano passado, e finalmente o download gratuito foi disponibilizado.
Além de ter sido um dos elementos tecnológicos mais importantes no sucesso da Pixar, e de ter dado vida a personagens de filmes como Toy Story, o RenderMan também foi licenciado a outros estúdios. Os efeitos visuais de grandes sucessos de bilheteria como os mais recentes episódios da saga Star Wars e a trilogia O Senhor dos Anéis foram renderizados com o software.
O RenderMan foi também o primeiro programa na história a vencer um Oscar técnico especial, por sua contribuição no avanço de técnicas de animação.
É possível fazer o download “isolado” do software, mas ele funciona também integrado com pelo menos dois plugins, o Maya da Autodesk e o Katana da The Foundry.

Repositório virtual disponibiliza 75 mil arquivos em domínio público


A Pond5, site que comercializa imagens, áudios e vídeos, colocou no ar um projeto que deixa à disposição ao menos 75 mil arquivos sob domínio público. A seleção representa menos de 1% do acervo, mas conta com pérolas da história audiovisual do mundo, como trechos do filme Viagem à Lua (1902), de George Meliés; imagens das Grandes Guerras e discursos de personalidades como Winston Churchill e John Kennedy.

Segundo a empresa, a coleção tem 5 mil vídeos inéditos, digitalizados pela Biblioteca Nacional de Washington D.C. (loc.com). "Por muitos anos, todo esse conteúdo incrível de domínio público esteve trancado e inacessível ao produtor de conteúdo", disse o cofundador do Pond5, Tom Bennett.

A Pond5 é lider no segmento de banco de vídeos (com 3,3 milhões) e tem como concorrentes os sites Shutterstock (com 2,4 milhões de vídeos), Getty Images (1,7 milhões) e Videohive (127 mil). Além deles, há iniciativas de bancos de imagens e vídeos em domínio público ou licença livre (Creative Commons) como o Archive.org, Wikimedia Commons e sob o projeto The Commons, do Flickr.

O acervo livre do Pond5 pode ser acessado em http://pond5.com/pt/free  

Via http://brasilemfolhas.com.br/

The Public Domain Review

 
 
 
Um site que é um projeto da Open Knowledge Foundation (Fundação do Conhecimento Aberto), The Public Domain Review oferece imagens (fotografias, gravuras, desenhos), livros, filmes, arquivos de áudio e GIFs animados que já se encontram em domínio público, em razão de seus direitos autorais já terem expirado, o que significa que lá você encontrará muita coisa antiga, dos séculos passados.
 
Os conteúdos podem ser vistos lá no site mesmo, mas também é apresentado o link original para o outro site onde eles estão realmente armazenados. Alguns podem estar até em sites que já divulgamos aqui no blog.
 
No rodapé de sua página principal, o site chama a atenção:
A maioria das cópias digitais apresentadas são de domínio público ou sob uma licença aberta em todo o mundo; entretanto, alguns trabalhos podem não ser em algumas jurisdições. Em cada post de uma coleção nós fizemos nosso melhor para indicar quais direitos nós achamos que se aplicam. Então, por favor, verifique e veja mais detalhes onde for necessário, antes de reusar o conteúdo.
 
Todos os artigos são publicados sob uma Licença Creative Commons Atribuição-Compartilhar Igual  3.0. Se você deseja reusar nosso material, por favor, faça referência à nossa política de atribuição.
 
A imagem tingida à mão abaixo (possivelmente uma cromolitografia), da Igreja da Natividade, em Belém, Israel, disponível na coleção Flores e Imagens da Terra Santa, é um exemplo de imagem de temática religiosa que podemos encontrar no acervo do site.
 
 
Igreja da Natividade, Belém, Israel (Boulos Meo, 1890 - Sem direitos adicionais)
Igreja da Natividade, Belém, Israel (Boulos Meo, 1890 - Sem direitos adicionais)
 
 
Etiquetas:
Banco de imagens
Imágenes, libros, películas, fotos, grabados e dibujos de domínio público, banco de imágenes antiguas
 

CaraDaFoto.com.br - dicas e tutoriais sobre fotografia

 
 
 
O site Cara da Foto é mantido por dois irmãos gaúchos, Rodrigo e Ricardo Polesso e oferece dicas e tutoriais muito legais sobre fotografia. Eles prometem que com suas dicas, as quais não são complicadas, você aprende a dominar seu equipamento de fotografia e consegue tornar suas fotos até 10 vezes melhores! As dicas aparecem no site como posts de blog e, muitas vezes, mesclam texto com pequenos vídeos.
 
Inscrevendo-se no site usando seu email você passa a também receber mensagens com dicas. E na primeira mensagem você já recebe uma dica muito importante, um dica ninja, como dizem os irmãos.
 
No post ‘Como Escolher Uma Câmera Fotográfica?’ eles batem um papo rápido no vídeo e já postam uma lista de câmeras fotográficas DSLR para iniciantes e para quem já quer algo um pouco melhor. Veja o vídeo abaixo ou acesse o post.
 
 
 
 
Rodrigo e Ricardo também oferecem dois cursos online pagos: o CURSO DE FOTOGRAFIA PONTA-A-PONTA e o CURSO DE INTRODUÇÃO À FOTOGRAFIA DIGITAL. Se você se interessar, é só entrar em contato com os irmãos.
 
 
Etiquetas:
Como usar sua câmera fotográfica, Como melhorar minhas fotos/fotografias, Como tirar fotos espetaculares, estonteantes

YouTube agora permite extrair GIFs de vídeos

Recurso anunciado em novembro funciona em poucos canais até agora
Por Redação Link - http://blogs.estadao.com.br/
Gifextraído desse vídeo
SÃO PAULO – O YouTube começou a colocar em prática em canais selecionados a opção de compartilhar parte de um vídeo em formato de gif, com a possibilidade de selecionar o trecho e incluir palavras ou frases (na fonte tipicamente usada em memes) na parte superior ou inferior do vídeo.
O Gizmodo listou alguns dos canais que já tem a opção habilitada. São eles o Epic Rap BattlesVi HartBlack Nerd Comedy e The Young Turks. Canais populares brasileiros  como Porta dos Fundos e Canal Parafernalha ainda não apresentam o novo recurso.
Para gerar o gif, basta ir na opção Compartilhar (abaixo do vídeo) e selecionar “GIF”. Uma régua com o vídeo aparece abaixo com duas barras azuis limitando o tempo do trecho selecionado, que pode ser no máximo seis segundos.
Abaixo, o campo opcional de texto superior e inferior. Ao lado, é possível ver uma prévia do gif em ação. Feito o processo, basta clicar em “Criar GIF”. Um link direto e outro já com o código iframe (para incorporar) são então gerados com 480 de largura – mas é possível editar manualmente em seguida.
O YouTube já havia adiantado o novo recurso em um vídeo publicado no mês passado (a partir de 01’12”).

Editor de vídeo Fusion 7.5 é liberado para download gratuito


O editor de vídeo Fusion , software profissional utilizado principalmente em pós-produção (já foi usado em filmes como Avatar e Thor) acaba de ter uma versão (7.5) disponibilizada gratuitamente. Para que você tenha ideia do poder do software, ele inclui recursos tais como Chroma key, motion tracker, renderização 3D, gerador de caracteres 2D e 3D, partículas, palco virtual, keying, retiming etc.

Você pode baixar o programa CLICANDO AQUI.

Assista a este vídeo de demonstração do software: 



Com dica de MeioBit


LinkWithin

Related Posts with Thumbnails